próximo evento: 06.06.19
A Pele do Futuro, , Maceió
 
4 perguntas para Gal Costa
 
4 perguntas para Gal Costa

Às vésperas de completar 73 anos e lançar seu 40º álbum, uma das maiores cantoras do Brasil fala à coluna sobre o novo trabalho, a passagem do tempo e um “tesão enorme"

1 O nome do álbum, “A pele do futuro”, nasceu de “Viagem passageira”, canção que Gilberto Gil fez para você. Como foi?

É uma canção filosófica, feita por Gil depois que lhe dei o “Livro de Urântia” de presente. A obra fala de Deus como uma energia que organiza os seres em várias direções. Fala de fé, de vida após a morte e da pele que é do passado, do presente e do futuro...

2 Você completa 73 anos na mesma semana em que lança o 40º álbum. O que sente? Como vê o tempo passar?

Eu não tenho na cabeça a mesma idade que tenho no papel. Nunca imaginei que aos 72 anos sentiria esse tesão enorme. Faço as coisas com o maior prazer. Estou em plena atividade, numa felicidade que você não imagina. Tenho que tomar cuidado, fazer exercícios, senão esqueço a idade que tenho.

3 O disco tem inéditas de compositores que vão do tremendão Erasmo Carlos à sertaneja Marília Mendonça. Qual é a pegada do álbum?

Tem uma levada dance. Gabriel, meu filho de 13 anos, está todo metidinho, entrando na adolescência, ouvindo Earth, Wind & Fire. Outro dia entrou no meu quarto e disse: “Mamãe, conhece essa?” Era “I will survive”, da Gloria Gaynor. Pensei: “É isso. Quero Marília Mendonça compondo uma música assim, alegre, apesar da letra triste”. Ela faz música que nem chuchu na serra.

4 Como é ser mãe de adolescente? Que tipo de adolescente você foi?

Gabriel está entrando na fase de hormônios e pêlos agora. Está tranquilo. Eu era uma adolescente fácil. Fui uma criança madura e hoje sou uma adulta infantil (risos).


 
     
A pele de Gal
 
A pele de Gal

Marina Caruso, O Globo, 17/06/2018

 
     
Tropicalista, fatal, Gal é estratosférica
 
Tropicalista, fatal, Gal é estratosférica

Por email, a cantora concedeu entrevista ao Jornal do Commercio, comentando sobre o show e um pouco de sua história na música popular.

 
     
Em estado de graça
 
Em estado de graça

Há 50 anos, o timbre singular da intérprete vem imortalizando canções de diferentes gêneros

 
     
Mulher Perene
 
Mulher Perene

Dona de uma das maiores vozes do Brasil, Gal Costa celebra a vida nos palcos e a renovação de seu público aos 50 anos de carreira.

 
     
O novo momento de Gal
 
O novo momento de Gal

Depois de estrear a turnê de seu novo disco, Estratosférica, Gal Costa confirma sua alegria por estar próxima do público jovem - aos 70 anos.

 
     
A ousadia de Gal
 
A ousadia de Gal

Cantora se reinventa do disco "Estratosférica", em que trabalhou com novos e antigos parceiros em busca de sonoridades estranhas.

 
     
A todo vapor
 
A todo vapor

Bossa-novista, roqueira, psicodélica, índia e fatal, o nome dela é Gal, uma das maiores forças inspiradoras da música brasileira.

 
     
Musa da Música Brasileira
 
Musa da Música Brasileira

Com cinco décadas de trajetória e prestes a completar 70 anos de idade, Gal Costa não para. A cantora baiana – que já foi estrela da Tropicália, símbolo da contracultura e discípula da bossa nova – acaba de lançar Estratosférica, disco em que empresta sua voz a canções assinadas por jovens compositores...

 
     
Sempre Gal!
 
Sempre Gal!

Cantora celebra 50 anos de carreira e, um show repleto de novidades e clássicos, como Pérola negra...

 
     

© 2016 Gal Costa     Agenda   Discos   DVD   Fotos   Notícia   Textos   Busca   Estratosférica    Contato para shows