Ensaio
Take do ensaio fotográfico de Thereza Eugênia para divulgar o disco   Com jeito de ninfa, Gal surgia misteriosa nesse ensaio fotografado no Tambá   Havaiana, índia e musa do desbunde: fotografia de Marisa Alvarez Lima encartada como cartaz central da revista   Rumbeira style, babados de lamê, pernas abertas, flores nos cabelos e violão no colo: a primeira montagem de   Figurino que Gal usou na segunda temporada de   Entre a atriz Wilma Dias e a teatróloga Isabel Câmara, no Carnaval de 1973: de pierrô, Gal circulava pela Praça Castro Alves, na época o ponto mais quente da folia em Salvador   Ensaio do show   De cabelos molhados e blusa baby loook, em 1973
Sessão de fotos à beira-mar, clicada por Marisa Alvarez Lima; uma dessas imagens foi encartada em formato de cartaz na revista   A fotógrafa Marisa Alvarez Lima é autora de vários ensaios com Gal, como este realizado em 1973   Outra sessão clicada por Marisa Alvarez Lima para a revista   Dominguinhos foi lançado como sanfoneiro e personagem a partir do show   Momento voz e violão na segunda temporada do show   Durante a gravação de um especial de TV para a Rede Bandeirantes, que registrou por inteiro o show   Baby hippie na fase Fa-Tal, durante apresentação única no Maracanazinho, RJ   É dengo que a nega tem: Gal em moento doméstico, depois de cumprir temporada de shows na Europa, no verão de 1973
 
anteriores   próximos
  Inverter ordem de aparição  
 
Em estúdio, durante a gravação do compacto   Sereia baiana, musa folk ou morena tropical? Gal durante as gravações do disco   Com a cadela Joplin, no bairro do Tambá, RJ   Joplin, a sempre fotografada Cocker Spaniel de Gal, em 1973   Rosas nos cabelos negros compunham o visual de Gal em 1973   Com Caetano, no Porto da Barra, Salvador   Gal no Posto 9 da praia de Ipanema (RJ): a seu lado, Wilma Dias e, logo atrás, Waly Salomão   Wilma Dias no camarim do show
Barriga de fora, top de lantejoulas, saia longa e make fluorescente: a atmosfera de   Rock, frevo, blues e samba eletrificado: a segunda parte de   Saia preta, pés descalços e atitude freak: nos embalos de   Palco do Tuca, em São Paulo: Gal e Gil no show   Foto do programa do show   Top indiano, pantalona de listras e coroa de louros: com esse visual Gal fez o show de encerramento do Festival Internacional da Canção, no Ginásio do Maracanãzinho (RJ), em 1972. Na época, ela estava em turnê com o show   Na temporada paulistana do show   Flower power em Ipanema, no trecho conhecido naquela época por

 
263 registros:  |< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9  > >|
© 2005 Gal Costa - Biografia Discos DVD Notícia Textos Vídeos Fotos Agenda Extras Recados Busca | EnglishCréditos
Contato para shows